O amor Missionário 

13/10/2017

Missões, um ato de amor

 Por: Eduardo dos Santos Santos

Como último mandamento, Jesus, pouco antes de ascender aos céus para se assentar à destra de Deus-Pai, ordenou aos seus discípulos e, conseqüentemente, a nós: "Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as cousas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século" (Mateus 28: 19-20).

Neste mandamento, o nosso Mestre estava ordenando que todos aqueles que lhe aceitassem passavam a ter uma MISSÃO até a sua volta. Essa missão seria a de anunciar, a toda a criatura, as boas novas trazidas por Ele. Estava nos ordenando que através de seus mandamentos, o Pai estava nos dando a reconciliação perdida com o pecado adâmico.
Mas, analisando-se as escrituras, veremos que a questão das missões passou a ser prioridade para Deus que, em sua grandiosa misericórdia, tenta trazer o homem novamente para si. Muitos foram os missionários instituídos por deus no Antigo Testamento. Dentro todos, podemos destacar Noé (tinha a missão de perpetuar as espécies escolhidas durante o dilúvio), Abraão (tinha a missão de formar uma grande nação para Deus), Moisés (teve a missão de trazer a Lei de Deus ao povo escolhido), etc. Muitos foram os varões utilizados pelo Pai nessa grande missão até a vinda de Jesus. O Deus-Filho recebeu de Deus-Pai a maior de todas as missões: trazer o homem novamente a razão, a salvação, ao paraíso perdido.
Após a sua ascensão, Jesus delegou a nós, que somos a sua Igreja, a continuidade desta maravilhosa missão. Para isso, nos enviou o Deus - Espírito Santo. Somente através Dele é que podemos realizar qualquer coisa, assim como está escrito: "mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da Terra" (Atos 1:8).
Outro ingrediente fundamental para que possamos realizar este grande mandamento, é termos em nosso coração AMOR. Missões é um grande ato de amor ao próximo, pois estaremos levando a todos que estão ao nosso redor o maior presente que podemos ter recebido: o amor de nosso Pai.
Portanto, irmãos, devemos urgentemente nos preocupar em realizar este mandamento de Jesus, pois nossa obrigação e levar a toda a criatura a palavra que salva e nos da a reconciliação com o Pai. Devemos nos preocupar com nossos irmãos que estão nessa árdua batalha em busca de almas que queiram ser recuperadas das mãos do inimigo e reencontrar o paraíso perdido. Muito há para se fazer no campo missionário e, por isso, nos próximos números desta revista estaremos lhes passando instruções de como podemos ajudar a palavra do Senhor a chegar até aqueles que ainda não a ouviram. Estaremos vendo que ainda há muito a ser feito até a volta de nosso Mestre. Cabe a nós a missão de vê-lo o mais rápido possível, pois em Mateus 24:14 Ele nos diz: "E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, vira o fim". Observaste bem: "... por todo o mundo ...". Isso porque muitos ainda não ouviram falar de Jesus e o campo é grande.
Lembre-se: "AMARÁS O TEU PRÓXIMO COM A TI MESMO" (Mateus 22: 39).

Fonte: ejesus.com.br


" Missões é a nítida influência do Amor de Deus sobre a humanidade" (FSC)

Qual o tamanho do seu amor por Deus?

Quem é influenciado por tal amor faz missões

Em Breve.