O POVO REJEITOU AO SENHOR (1 SAMUEL 8.7,8)

26/10/2019

"E disse o Senhor a Samuel: Ouve a voz do povo em tudo quanto te dizem, pois não te têm rejeitado a ti, antes a mim me têm rejeitado, para eu não reinar sobre eles.
Conforme a todas as obras que fizeram desde o dia em que os tirei do Egito até ao dia de hoje, a mim me deixaram, e a outros deuses serviram, assim também fazem a ti." - 1 Samuel 8:7,8

Contexto

Esse versículo descreve a fala do Senhor em relação ao pedido do povo por um rei como as demais nações... Pressionaram certamente muito o profeta Samuel para o estabelecimento da monarquia em Israel.

Diante desse pedido o profeta faz um desafio diante do povo em relação à sua conduta diante da nação :

De agora em diante, será o rei quem marchará à vossa frente. Já estou velho e de cabelos brancos, e meus filhos habitam entre vós. Fui vosso guia desde a minha mocidade até hoje.

Aqui estou! Testemunhai contra mim diante do SENHOR e do seu ungido: a quem tomei um único boi ou jumento? A quem defraudei e a quem oprimi? De quem tenho recebido presentes, a fim de que finja não ver a injustiça? E eu vos restituirei!" .

Todo o povo, no entanto, exclamou: "Tu não nos defraudaste nem nos oprimiste e de ninguém tiraste coisa alguma!"...(Samuel 12.2-4).

Samuel se sente rejeitado pelo povo ( trouxe profundo desgosto ao coração de Samuel ), ao ponto do Senhor declarar que eles rejeitam não somente ao profeta( também fazem a ti ) , mas também ao Senhor (a mim me deixaram ).

Teocracia era Deus agindo pelo seu povo por meio de homens, os quais eram escolhidos, como antes ele vinha fazendo por meio de Moisés e Josué... O momento teocrático, que se iniciou ainda no Êxodo, quando Deus agiu selecionando homens para conduzir seu povo à terra prometida, perpassando por Josué, Juízes e chegando até Samuel, revela que, diante da vida marcada de pecado de Israel, de Eli e seus filhos, Deus estava atento a tudo , por isso escolhe Samuel para ser o seu representante nos momentos deploráveis.(Pr. Osiel Gomes, livro o governo Divino em mãos humanas, CPAD)...Veremos mais detalhes do decorrer desse estudo.

veja também

Conhecimento profundo da Bíblia(CLIQUE)


Porque o povo pede um Rei?

Os filhos de Samuel não seguiram o exemplo do pai que sempre agiu de forma piedosa, temente e sempre ouvindo à voz do Senhor e atendendo de forma amorosa... Seus filhos viviam em pecado explícito.

Samuel não teve sucessores à sua altura e que guiassem o povo no caminho certo... Os sacerdotes estavam comprometidos com o pecado, todo tipo de imoralidade eles estavam praticando: idolatria, luxúria, cobiça...

Então Samuel não tinha um sucesso e isso deixava o povo vulnerável, sentiam-se desprotegido em relação às demais nações.

Outra questão que impulsionava o povo para pedir um rei que iria diante deles foi o ataque dos filisteus que lavaram a arca (foi devolvida e ficou na casa de abinadabe por 20 anos inutilmente) e já não tinham aonde adorar... O povo se via diante de um novo ataque dos filisteus e achavam-se sem um rei com as demais nações.

O povo não quis ouvir Samuel e queriam um rei e ponto final

Quando Samuel ficou idoso, nomeou seus filhos como juízes e líderes de Israel.O primogênito chamava-se Joel, e o segundo filho, Abias; eles foram líderes em Berseba. Entretanto, os filhos de Samuel não seguiram o seu exemplo. Ao contrário, deixaram-se seduzir e orientar-se pela ganância, aceitaram suborno e perverteram a lei e o direito.

Por isso todos os anciãos e autoridades de Israel se reuniram e foram falar com Samuel, em Ramá. E ponderaram-lhe: "Tu envelheceste, e teus filhos insistem em não andar nos teus caminhos. Portanto, constitui sobre nós um rei, o qual exerça a justiça sobre nós, como acontece em todas as nações ao nosso redor!" No entanto, esta expressão: "constitui sobre nós um rei, o qual exerça a justiça sobre nós", causou um profundo desgosto ao coração de Samuel, e então ele invocou o Nome do Senhor e orou ao SENHOR. O SENHOR Deus então lhe respondeu em seguida: "Atende, pois, a tudo o que este povo te pede, porquanto não é a ti que eles rejeitam, mas sim a minha própria pessoa, porque não desejam mais que Eu reine sobre eles!.Tudo o que têm feito comigo desde o dia em que os libertei e fiz subir do Egito, até este momento, abandonando-me e prestando culto e adoração a outros deuses, assim também estão fazendo contigo. Agora, portanto, atende ao que eles pleiteiam. Contudo, solenemente, lembra-lhes e explica-lhes todos os direitos do rei que reinará sobre eles!"


Samuel comunicou todas as palavras do SENHOR ao povo, que lhe rogava por um rei. Ele declarou: "Este é o direito do rei que reinará sobre vós: Ele convocará os vossos filhos e os encarregará dos seus carros de guerra e dos seus cavalos e os fará marchar e correr à frente do seu carro. Determinará alguns como comandantes de mil soldados e outros como comandantes de cinquenta. Ele os mandará arar as terras dele, fazer toda a colheita, e construir armas de guerra e todo o tipo de equipamentos para os seus carros de guerra. Ele tomará as vossas filhas para serem perfumistas, cozinheiras e padeiras. Tomará igualmente vossos campos, as vossas vinhas, os vossos melhores olivais, e os dará aos seus oficiais. Das vossas culturas e das vossas vinhas ele cobrará o dízimo, que destinará aos seus oficiais, criados, eunucos e serviçais. Os melhores entre os vossos servos e as vossas servas, os jovens, o gado e os jumentos serão todos tomados, conforme a sua vontade, para seu uso particular. Exigirá também de vós um décimo dos rebanhos, e vós mesmos vos tornareis escravos dele. Então, naquele dia, reclamareis com grande voz contra o rei que vós mesmos tiverdes escolhido, porém o Senhor não atenderá as vossas queixas naquele momento de aflição!"
Contudo, todo o povo recusou-se a ouvir a advertência de Samuel e exclamou: "Não! Queremos ter um rei!( 1Sm 8.1-19, BKJ)

O povo testificou contra os filhos de Samuel e queriam mesmo um rei COMO todas as nações... Quando estamos longe da real presença do Senhor buscamos imitar o modo do ímpio viver.

Veja mais


Qual o tipo de Governo havia antes da monarquia?

Esse é o pondo que eu quero focar : antes do estabelecimento do monarquia era a anarquia o modo do "governo" na nação de Israel?.

A algumas afirmações contraditórias em relação à essa questão... há literaturas que concordam com a tese que era anarquia, realmente era isso mesmo?.

A anarquia se caractérisa por um sistema de governo que não há autoridade, nem lei e todos agem de acordo com sua vontade e princípios particulares porque não existe uma lei constituída para os tais.

A Teocracia se caractérisa por um sistema de governo onde as leis e a ordem são norteadas por uma religião ou seja a teocracia é o governo de Deus através dos seus servos.

Qual é o tipo de governo então?

O versículo deixa claro que Deus é rejeitado como rei sobre o povo :

e ele respondeu assim : Atenda o pedido do povo. Não é só você que eles rejeitaram; eles rejeitaram a mim como Rei. (1Sm 8.7, NTLH)

Dizer que o povo não tinha lei é antibíblico, como também é afirma que Deus não estava no governo do povo desde sua origem até que eles pedem um rei para serem como as demais nações... Lembra da lei de Moisés, então o povo tinha uma lei para seguir e Deus levantou homens para usa-los para direcionar seu povo.

Diante dessas explicações dizemos que o tipo de governo antes do monárquico era a teocracia e não anarquia. (Fonte:   https://fabio-s-conceicao.webnode.com)

Esse vídeo esclarece quando o governo da teocracia é mudada para a monarquia